Troca de roupa

persianas.jpgConsulta: Boa tarde, gostaria antes de iniciar qualquer processo e a quem me recorrer, consultá-los sobre um caso específico. Um homem que troca de roupa diariamente em seu apartamento, 1º andar, se há possibilidade de processá-lo e por qual meio. Tendo em vista que não é um ato moral, particulamente, sendo que todos os dias tem de precensiar tal cena nos horários de almoço. Atenciosamente, Incomodado.

Caro sem-cortina, sempre é possível processar alguém por qualquer motivo. É absurdo um sujeito trocar de roupa em seu próprio apartamento! Trata-se de uma clara violação da função social da propriedade, da função social dos contratos e da função social das roupas. Além da obrigação de não-fazer com pedido de liminar para impedir esse homem de trocar novamente de roupa pelo resto de seus dias, cabe pedir o danumoral. Com o valor obtido, recomendo a compra de persianas Luxaflex.

Não recomendo levar o problema para um Tribunal Arbitral, porque eles vão tentar propor um acordo horroroso. É capaz até de sugerirem que você movimente seu pescoço para os lados, como forma de alterar seu campo de visão e gerar o sumiço temporário da cena indesejada. Cuidado, não caia nessa. Procure já um adevogado.

Publicado em Psicose. 1 Comment »

Uma resposta to “Troca de roupa”

  1. Luca Says:

    Adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: